Logo

Alerta nos prontos-socorros da capital: paralisação no João XXIII sobrecarrega Odilon Behrens

O hospital e as nove UPAs da capital têm passado por uma sobrecarga de atendimento desde que a greve dos médicos do Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, um dos maiores do Estado, teve início, em junho. Segundo a Secretaria de Saúde de Belo Horizonte, o Odilon sofreu aumento de 12,5% no fluxo de pacientes em estado grave, que demandam mais recursos de internação, cirurgias, CTI e reavaliações. “A situação tem ficado realmente mais crítica. Alguns pacientes têm aguardado mais de um mês para cirurgias”, contou uma enfermeira, que não quis se identificar.

Leia a matéria na íntegra em: https://www.otempo.com.br/cidades/paralisa%C3%A7%C3%A3o-no-jo%C3%A3o-xxiii-sobrecarrega-odilon-behrens-1.2006418

Fonte: Jornal O Tempo