CEC Federassantas promove encontro com RH´s e propõe inovações para os profissionais da área

O CEC Federassantas – Centro de Educação Continuada – realizou esta semana o evento “Interagindo com o CEC”.  O encontro teve como objetivo estabelecer uma comunicação mais efetiva e direta dos setores de RH dos hospitais filantrópicos com o centro de treinamento da Federassantas.

De acordo com a Coordenadora do CEC, Magda Mascarenhas, a proposta do encontro é “dar um primeiro passo em busca de um trabalho em conjunto com as instituições filiadas, tendo o RH como nosso aliado, no sentido de envolvê-los  no trabalho de levantamento de demandas de capacitação dos funcionários, a partir de uma real necessidade dos setores”, disse.

 Durante o evento, os participantes tiveram a oportunidade de ouvir a palestra “RH em tempos de inovação”, realizado pela profissional de Recursos Humanos, Etiene Azevedo. A profissional destacou que, especialmente nos últimos anos, a sociedade tem passado por transformações do ponto de vista do comportamento social, trazendo para o mercado novas gerações de profissionais e, consequentemente novos perfis de candidatos e colaboradores.

Segundo ela, a área da saúde está começando a mudar o perfil de contratação, e o RH precisa estar atento a isso, “e saber que ao mesmo tempo que a gente muda o perfil do candidato, precisamos mudar também o perfil institucional do hospital”, afirmou. Um dos pontos destacados por Etiene foi a necessidade de inovação no setor, utilizando, em especial, as novas tecnologias, a internet, plataformas de dados, dentre outras ferramentas para auxiliar e otimizar os processos de recrutamento, capacitação, e nos resultados de modo geral do setor de RH.

No entanto, a profissional alerta que a instituição deve estar preparada também para receber e reter estes novos talentos. Para isso, ela afirma que deve-se levar em conta a realidade de cada hospital, de acordo com o perfil, com o porte, especialidades atendidas, dentre outros fatores. “É preciso pensar em inovação mas com o pé no chão, dentro do que é real e possível, levando em conta a cultura organizacional da instituição”, afirmou.

Ao final da palestra, a especialista alertou que, mesmo diante da necessidade de inovação, é fundamental não abandonar as práticas tradicionais do RH;  “a tecnologia é uma aliada, ela não substitui o contato durante o recrutamento e durante os treinamentos. O RH precisa desenvolver pessoas e competências, mas deve principalmente investir no ser humano”, salientou.

Para a Coordenadora da área de treinamentos do Hospital Madre Teresa, Cristina Correia, um dos grandes desafios do seu setor é a parte de treinamento, levando em conta a diversidade dos profissionais e das áreas do hospital. “Pensando na capacitação técnica, hoje nós recebemos um profissional que não vem bem formado tecnicamente; nós recrutamos este profissional já sabendo que temos esse GAP de conhecimento que precisa ser desenvolvido”, declarou.

Outra dificuldade é a ampla diversidade dos profissionais de uma instituição hospitalar, com diferentes níveis de conhecimento. Segundo Cristina, é necessário um trabalho intenso para “conseguir mapear tudo isso e oferecer o que de fato o profissional precisa; não um treinamento de massa, mas um mapeamento quase individual”, disse. Para a coordenadora, entender essas demandas é o primeiro passo para obter o resultado que o hospital vai precisar na prática.

  


O CEC

O CEC Federassantas é o setor responsável por organizar cursos; workshops; seminários; treinamentos; e outros, a partir das demandas de capacitação, atualização e treinamento dos profissionais que atuam nas instituições de saúde filiadas à Federassantas.

A coordenadora do CEC afirma que, para que esse setor possa cumprir efetivamente o seu papel, “precisamos ter uma “escuta” mais efetiva, mais de perto com os setores de RH, para perceber os gaps, as dificuldades nos processos de trabalho e, para que possamos, a partir disso, organizar capacitações que realmente contribuam para melhoria da qualidade dos  setores”, afirmou. Magda completou que essas capacitações precisam ser mensuradas posteriormente por meio de uma avaliação de eficácia, essa é a nossa proposta para o ano de 2019”, concluiu.

Após o evento, a equipe do CEC criou um grupo de discussão de profissionais de RH que será uma ferramenta estratégica para ampliar a oferta de cursos do CEC; aperfeiçoar os produtos que já são oferecidos, e melhorar a qualidade dos processos de trabalho, com base na real necessidade dos profissionais da área da saúde.

Os profissionais de RH que tiverem interesse em participar do grupo deverão entrar em contato com a equipe do CEC através do telefone (31) 3241-4312, ou por e-mail cursos@federassantas.org.br e cursos02@federassantas.org.br

   

 

Por Raquel Gontijo – Assessoria de Comunicação