Emendas Parlamentares Impositivas e o financiamento dos serviços hospitalares das instituições privadas

A assessoria jurídica da Federassantas elaborou o documento seguinte, que tem o objetivo de analisar a repercussão
das emendas parlamentares impositivas, especialmente as destinadas ao custeio, no atual cenário de financiamento da saúde pública no Brasil, com foco, assim, na suas destinações aos serviços ambulatoriais e hospitalares prestados de forma complementar ao Sistema Único de Saúde – SUS. Ou seja, aqueles prestados por pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos.

Acesse no link abaixo:
Análise – Emendas Parlamentares Impositivas