Logo cec logo Seja um filiado!

Mais de três décadas em defesa do setor filantrópico

Hoje, a Federassantas comemora 33 anos de atuação em defesa dos hospitais filantrópicos de Minas Gerais. Desde o início, em 1986, os primeiros diretores já percebiam a necessidade de uma entidade que representasse os hospitais que atendiam a pacientes do SUS. Ao longo dos anos, e principalmente da nova gestão, essa percepção foi fortalecida e ampliada. A Federassantas passou a desenvolver serviços cada vez mais estratégicos, para que esses hospitais filiados pudessem se manter erguidos, mesmo diante de toda dificuldade financeira, com qualidade, compromisso e responsabilidade.

Nos dois últimos anos, a Federassantas ampliou o seu número de colaboradores, o que possibilitou o aumento na oferta de serviços, como por exemplo, cursos, eventos, atendimento para Assessoria Técnica e Jurídica, além de desenvolver estudos com uma equipe especializada para oferecer soluções aos hospitais e fomentar discussões com autoridades, a fim de elaborar políticas públicas efetivas. Outro avanço foi à criação das sete regionais Federassantas, que possibilitaram uma proximidade mais efetiva com os hospitais filiados.

Outro ponto importante, visto pela nova diretoria, foi a necessidade de dar visibilidade a situação dos hospitais filantrópicos, desta forma, a Federassantas tornou-se referencia na imprensa mineira e nacional, alertando para a grave crise financeira, o subfinanciamento vivenciado por essas instituições e o impacto que isso gera na assistência à saúde da população.

 

NOSSAS ATUAÇÕES EM 2019

  • Pós-graduação “Gestão Estratégica em Saúde” é uma parceria da Federassantas com a UFMG e o primeiro curso a nível acadêmico oferecido pelo CEC. Será ministrado por professores da UFMG e convidados, mestres e doutores, com experiência na docência do tema, para unificar o conhecimento teórico à prática de gestão em saúde.

 

  • PROAGS é o Programa de Atualização para Gestores de Saúde, criado pela Federassantas para seus filiados, com o intuito de levar aos gestores de hospitais filantrópicos conhecimento de boas práticas de gestão, com foco em qualidade e resultados, gerando melhoria contínua dos processos organizacionais.

 

  • Ampliação e efetivação das Comissões Técnicas: Realizado pelo setor de Assessoria Técnica da Federassantas, as Comissões Técnicas desenvolvem estudos que possibilitam a troca de experiências com vistas ao alcance do equilíbrio econômico e financeiro das instituições. As Comissões são separadas pelas seguintes áreas: Gestão SUS; Comissão de Saúde Suplementar; Comissão de Remuneração Médica; Comissão de Recursos Humanos; e Comissão de Suprimentos. Através desse projeto foram criadas as Comissões Técnicas Regionais, para identificar as melhores práticas e processos, compartilhar informações e realizar comparativos entre os principais componentes das receitas e despesas das instituições filantrópicas participantes.

 

  • Anuário Federassantas 2019 é uma revista criada para apresentar os indicadores do setor hospitalar filantrópico em Minas; contextualizar experiências de sucesso de hospitais filiados; além de artigos sobre as atividades desenvolvidas pela Federassantas ao longo de 2018 e temas de interesse do setor.

 

  • Fórum Integra Saúde é um evento de integração entre poder público, autoridades do setor saúde e hospitais, para apresentar aos novos governantes a situação em que se encontram as instituições filantrópicas de saúde e propor soluções conjuntas para minimizar os problemas, em especial aqueles relacionados à falta do financiamento adequado dos serviços prestados ao SUS.

 

  • Referencial Federassantas é uma plataforma criada a partir da percepção sobre as necessidades e desafios das instituições filiadas. Nela, são disponibilizadas informações e indicadores do setor, com o objetivo de fornecer parâmetros que auxiliam os gestores dos hospitais filantrópicos no desenvolvimento de estratégias, na tomada de decisões, na busca da otimização dos recursos para uma redução nos custos e na melhoria das receitas.

 

  • Encontro Federassantas 2019 é um evento que propõe a atualização de conhecimentos através de experiências bem-sucedidas e que poderão ser aplicadas no dia a dia das instituições. A programação é composta por palestras, cases e minicursos, de renomados convidados do setor de saúde, para proporcionar aos dirigentes dos hospitais filantrópicos a oportunidade de aquisição de conhecimento.

Com dedicação e empenho, a Federassantas tem ganhado cada vez mais expressividade e alcançado reconhecimento em diversos níveis da sociedade. Esse resultado é possível também devido à parceria com entidades estaduais e nacionais que atuam na manutenção dos hospitais e com empresas da área da saúde.

 

RELEMBRE NOSSOS PRESIDENTES

Desde sua criação, seis presidentes estiveram à frente da Federassantas.

A atual presidente da Federassantas, advogada especialista em direito da saúde, Kátia Rocha. Antes ela era vice-presidente e já atuava fortemente na área em defesa dos hospitais filantrópicos e da saúde pública brasileira. Francisco Figueiredo foi presidente da Federassantas de 2013 até 2016. Saulo Lara atuou como presidente de 2011 a 2013. Saulo Levindo Coelho seguiu como presidente da Federassantas por 17 anos, de 1994 a 2011.  Eugênio Dutra, de 1993 a 1994. E o primeiro presidente, Eduardo Levindo Coelho, que teve seu mandato de 1986 a 1993.

 

ALGUNS DESTAQUES DA FEDERASSANTAS AO LONGO DESSES ANOS

Campanha do Silêncio criada em 2006 pela Federassantas

Ex presidente da Federassantas, Francisco Figueiredo de Assis, em entrevista a imprensa

Representantes da Federassantas fazem reivindicações às autoridades

Diretoria da Federassantas e representantes da CMB em Brasília

Encontro Federassantas 2017 contou coma participação de parlamentares e representantes de entidades do setor

Federassantas têm agora ampla visibilidade na imprensa

Movimento LUTO PELA SAÚDE, em 2015

Hospitais aderem à campanha “LUTO PELA SAÚDE” em 2015

Presidente da Federassantas, Kátia Rocha, com autoridades em Brasília

Jornal HORA H, publicado em 5 de junho de 1998

Por: Cássia Almeida – Assessoria de Comunicação da Federassantas