Recurso da Saúde é transferido para reestruturação ambulatorial de penitenciárias em Minas

Unidades prisionais que oferecem atendimento básico de saúde passarão por reforma e ganharão equipamentos. Recurso de R$ 14,8 milhões, que já pertencia à Secretaria de Estado de Saúde (SES), será destinado para a estruturação de serviços ambulatoriais e componentes de urgência e emergência nos presídios.

O acordo entre a SES e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), que garante a transferência, foi firmado na última terça-feira (9), por meio de Termo de Descentralização de Crédito Orçamentário (TDCO). Ao todo, 22 unidades habilitadas no Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES) serão contempladas, incluindo as penitenciárias Nelson Hungria e Estevão Pinto, na Grande BH.

A medida visa garantir o tratamento de atenção primária dentro dos presídios para que a população carcerária, que precisa de atendimento especializado, não precise ser necessariamente transferida para hospitais.

Veja a lista dos presídios que receberão as melhorias no site https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/seguran%C3%A7a/recurso-da-sa%C3%BAde-%C3%A9-transferido-para-reestrutura%C3%A7%C3%A3o-ambulatorial-de-penitenci%C3%A1rias-em-minas-1.726565