Logo cec logo Seja um filiado!

Santa Casa de Poços conta agora com 90 brigadistas

Duas turmas se formaram na última semana e completaram o quadro de brigadistas, trazendo mais segurança ao Hospital em caso de incêndio

Na última semana, cerca de 60 funcionários da Santa Casa passaram pelo curso de brigadistas, disponibilizado pelo Corpo de Bombeiros de Poços e ministrado pelo sargento Pedro Paulo Gomes.

Esses 60 se juntam a 30 outros funcionários que fizeram o curso em novembro do ano passado, formando a turma de 90 brigadistas, que agora, nos próximos 2 anos, serão responsáveis por tomar as primeiras medidas em caso de incêndio, ajudando assim o trabalho do Corpo de Bombeiros em um eventual sinistro.

O curso aconteceu durante dois dias, cada dia com uma turma de 30 pessoas. Durante todo o período da manhã, o sargento Pedro Paulo realizou aulas teóricas e práticas de primeiro socorros, falou como se comportar em caso de incêndio e na parte da tarde realizou aulas práticas, mostrando como apagar um botijão de gás em chamas, como usar os vários tipos de extintores, como enrolar e desenrolar uma mangueira de água e etc.

“Agora nós do Corpo de Bombeiros contamos com 90 colaboradores na Santa Casa, brigadistas formados, que vão auxiliar na nossa atividade de combate a incêndio e na parte de primeiros socorros também. Quando temos na empresa as pessoas com disposição e qualidade para prestar o atendimento para a sociedade de Poços de Caldas, ficamos honrados em saber que o trabalho do Corpo de Bombeiros vai ser muito mais eficaz por termos a receptividade adequada”, salienta o sargento Pedro Paulo Gomes.

A nutricionista Regiane de Almeida Vilas Boas foi uma das funcionárias a fazer o curso de brigadista e destaca que a responsabilidade é grande, mas saiu determinada a atuar, juntamente com a equipe, para deixar o Hospital mais seguro.

“Eu achei de grande valia o curso. Nos deixou bem preparados e um pouco mais seguros. A princípio, quando você não entende muito bem como vai funcionar a brigada, você fica um pouco insegura em achar que vai ter que salvar as pessoas e na verdade é um auxílio. Você é treinado para que na hora que os bombeiros chegarem  já esteja tudo esquematizado, diminuindo o estrago e a quantidade de vítimas”, explica Regiane.

A técnica em segurança do trabalho da Santa Casa, Ordilia Alcantara, lembra que esses 90 brigadistas estão aptos pelos próximos 2 anos e, se todos continuarem após esse período, no fim desse prazo será necessário apenas uma reciclagem.

“Esse curso vale por dois anos e depois nós vamos escalar por pavilhão os líderes dos brigadistas. A primeira turma participou do curso em novembro do ano passado e agora nós completamos com mais duas turmas. Depois disso, vamos ter reuniões mensais, onde vamos dividir os setores com líderes e chefes brigadistas. Daqui dois anos, se os 90 brigadistas ainda tiverem na instituição, vamos fazer uma reciclagem, sem precisar fazer outro curso para inteirar o contingente”, relata Ordilia.

Fonte: Santa Casa de Poços de Caldas