Santa Casa de Poços de Caldas adquire capacetes de ventilação não invasiva

Com o objetivo de prestar melhor atendimento aos seus pacientes, principalmente aqueles acometidos pelo coronavírus, a Santa Casa de Poços de Caldas adquiriu 10 capacetes Helmits, e irá adquirir mais 10,  para ventilação não invasiva .


O Helmit nada mais é do que uma  bolha impermeável de uso individual, com conexões respiratórias diversas. Não é um respirador mecânico, trata-se de uma interface entre paciente e algum dispositivo gerador de fluxo e pressão que possa oferecer uma melhor oxigenação.

“Nós compramos 10 capacetes Helmit, que envolvem a cabeça dos pacientes e são destinados para enfermos com insuficiência respiratória, que nesse momento são as pessoas contaminadas pelo coronavírus. Essas interfaces são para trazer maior conforto respiratório para os pacientes com covid-19. Não são materiais que salvam a vida, mas sim que trazem conforto, bem estar e mais segurança no tratamento. É mais um investimento em inovação que a gente vem fazendo para dar mais qualidade de atendimento para a comunidade”, explica o superintendente da Santa Casa, Ricardo Sá.

O Coordenador da equipe de Fisioterapia da Santa Casa de Poços, Bruno César Pereira, ressalta que o Helmit é uma interface diferenciada para fazer uma ventilação não invasiva. Segundo ele, é uma alternativa para oferecer uma oxigenação melhor para os pacientes.

“Nós temos várias interfaces: uma que cobre o nariz e a boca ( orofacial ), outra que cobre o rosto inteiro ( Full Face ) e agora temos mais opção de interface: o Helmit, que cobre a partir do pescoço, cobrindo a cabeça toda. Com ele, os pacientes ficam de uma forma mais confortável, podendo ficar por mais tempo nessa ventilação não invasiva e, consequentemente, alguns pacientes conseguem sair do quadro mais crítico do covid.  Com esse equipamento nós já obtivemos resultados positivos evitando a evolução para intubação, consequentemente evitando o uso de sedativos,  não sendo então necessário a utilização de mais um leito de UTI. Por isso, o equipamento veio para agregar muito no tratamento”, explica o fisioterapeuta.  

“Os Helmits podem ser usados tanto na Enfermaria, Urgência ou na UTI, depende do grau de comprometimento do paciente. Não tem uma restrição de local, já que o Helmit com o filtro hidroscópico/hidrofobico (HMEF), específico para o bloqueio do vírus, quase zera a aerolização da molécula  do coronavírus, o que dá uma proteção muito grande para os profissionais, diminuindo muito o risco de contaminação da equipe”, completa Bruno.

Foto: Treinamento dos funcionários da Santa Casa para utilização do capacete de ventilação não invasiva

Por: Assessoria de Imprensa Santa Casa de Poços de Caldas