Arte e solidariedade definem campanha do Hospital Evangélico para o Outubro Rosa

Arte e solidariedade definem campanha do Hospital Evangélico para o Outubro Rosa

Instituição filantrópica que atende 75% via SUS tem apostado em iniciativas externas para captar recursos para obras e melhorias

Como parte das celebrações do movimento “Outubro Rosa”, o Hospital Evangélico de Belo Horizonte vai lançar, no próximo mês, a campanha “Um Toque de Arte Muda o Quadro”, criada para captar recursos que serão direcionados para o Centro de Oncologia, que funciona em seu Complexo de Serviços de Saúde, em Betim. Atualmente o setor atende 1.415 pacientes de Betim e de cidades do entorno via Sistema Único de Saúde (SUS).

A iniciativa visa possibilitar a execução de dois projetos. O primeiro é a ampliação do atendimento, por meio de uma nova sala de quimioterapia com capacidade para receber mais 80 pacientes. A unidade também precisa preparar a infraestrutura da sala que vai abrigar o novo mamógrafo, que deve chegar no início de 2023. Apenas essa segunda intervenção demanda aporte de R$ 700 mil.

A campanha do Hospital Evangélico é fruto do trabalho em conjunto dos setores de Comunicação, Imprensa e Cultura e de Captação de Recursos do Hospital Evangélico em parceria com a agência Melt Comunicação.  “A campanha “Um Toque de Arte Muda o Quadro” será mais uma iniciativa para que a instituição possa oferecer o melhor atendimento aos pacientes em tratamento de câncer. A ampliação da oferta do serviço e o novo mamógrafo são conquistas importantes para a comunidade que terá uma rede de atendimento mais robusta”, destaca a gerente de Marketing e Inovação, Rosepaula Aparecida Andrade Rodrigues.

A instituição tem outros projetos em curso como o “Troco Solidário”, em parceria com as lojas do Supermercados BH em Betim, com valores destinados para o Complexo de Serviços de Saúde, promoção de ações solidárias junto aos pacientes, sobretudo os mais carentes, e iniciativas que visam gerar redução de custos das unidades, por meio do recebimento de doações de insumos e materiais hospitalares e de gêneros alimentícios.

Em 2021, a área de Captação de Recursos arrecadou R$ 1,253 milhão. Para este ano, a meta é ampliar as parcerias com organizações e pessoas físicas, que também podem contribuir financeiramente para a sustentabilidade financeira da instituição filantrópica que atende 75% via SUS e 25% por meio de operadoras e saúde e particulares. Para saber mais, basta ligar (31) 4040-4940.

Lenços

A campanha foi inspirada no singelo ato da paciente Valéria Leandro da Silva, 41 anos, que está em tratamento oncológico desde maio de 2020 na unidade. Durante um atendimento psicológico, um dos serviços oferecidos, ela manifestou interesse em enviar um lenço de cabeça para a colega de tratamento Suelaine, que tinha feito a mastectomia radical no mesmo dia que ela.

A psicóloga Juliana Andrade fez a entrega. Tempos depois, o mesmo lenço foi passado para outra paciente que registrou o uso em fotos e enviou para a Valéria. “A gente sempre guarda um lenço. Eu quis passar para a Suelaine porque eu sabia que ela ia perder os cabelos por causa do tratamento, como eu já tinha perdido os meus. O afeto que recebemos é parte do tratamento e essa troca nos permite criar uma rede de apoio que é fundamental”, explica.

Por outro lado, a paciente destaca que o lenço é um adereço que recupera a auto estima da mulher porque ajuda a compor o visual/estilo e a driblar os olhares piedosos da comunidade. “Tem umas amarrações diferentes e muito bonitas que valorizam o rosto e a roupa”, ressalta.

Assim, o lenço, símbolo da campanha, foi transformado em obra de arte com estampas de aquarelas da artista plástica mineira Monica Bonilha, que pintou 30 figuras femininas inspiradas em mulheres que estão em tratamento oncológico. Entre as ações programadas está a realização de um leilão virtual das obras, para angariar recursos para os projetos.

HE – Instituição fundada há 76 anos, inicialmente como ambulatório, o Hospital Evangélico de Belo Horizonte engloba, além da Unidade Serra, mais 9 unidades de negócios em Belo Horizonte, Contagem e Betim. Em 2021, realizou mais de 1,368 milhão de procedimentos médicos pelo SUS, convênios e particulares, e é referência em atendimentos de nefrologia e oftalmologia para o SUS no Estado. Atualmente, a rede tem mais de 2,3 mil colaboradores.

Fonte: Assessoria de Imprensa Hospital Evangélico de Belo Horizonte

Compartilhar esse post